Som automotivo está proibido na área do Taguaparque


A Administração Regional de Taguatinga, em parceria com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), atendeu a uma antiga demanda da população da região e instalou 16 placas proibindo som automotivo nos estacionamentos do Taguaparque.

Mesmo com eventos proibidos no Taguaparque, em virtude da pandemia, visitantes insistiam em ligar o som alto dos carros, o que causava reclamação por parte dos moradores da vizinhança | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

A iniciativa tem por objetivo garantir a tranquilidade de pessoas que moram nas proximidades. O local, maior parque de Taguatinga e um dos maiores parques urbanos do Distrito Federal, recebe cerca de 20 mil pessoas nos finais de semana.

“A solução encontrada foi a instalação de placas em pontos estratégicos, proibindo som automotivo”Renato Andrade, administrador de Taguatinga

Localizado ao longo do Pistão Norte, o Taguaparque foi inaugurado oficialmente em 6 de junho de 2009, no aniversário de 51 anos de Taguatinga. Possui 89 hectares e conta com pista de corrida, ciclovia, quadras esportivas, equipamentos de musculação, playground, pistas de jeepcross (700 m) e motocross (1.300 m), ginásio coberto e churrasqueiras.

O parque foi um dos locais de Taguatinga que mais demandou cuidados por parte da administração regional e das forças de segurança durante o período de isolamento decretado pelo governador Ibaneis Rocha para o enfrentamento da pandemia de covid. Algumas pessoas insistiam em se reunir na área, embaladas por som automotivo em alto volume.

De acordo com o administrador regional, Renato Andrade, os eventos estão proibidos, mas visitantes insistiam em ligar o som alto dos carros, o que causava reclamação por parte dos moradores da vizinhança. “A solução encontrada foi a instalação de placas em pontos estratégicos, proibindo som automotivo”, explicou o administrador. Andrade acredita que essa medida educativa vai resolver o problema.

O superintendente de Operações do DER, Murilo Melo Santo, disse que nos últimos 15 dias – desde que foram instaladas as placas – as reclamações da população pararam. Ele acredita que o aviso de proibição de ligar o som surtiu o efeito desejado.



Source link

Similar Articles

Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Instagram

Most Popular