Escolas públicas e privadas ficam impedidas de expor crianças e adolescentes em atividades escolares que incentivem a sexualizacão precoce e a erotização


A proposta do Projeto de Lei de autoria do deputado Iolando, é proibir que as escolas promovam atividades que possam contribuir para a sexualização precoce e a erotização infantil no âmbito da Educação Básica do Sistema de Ensino público e privado do Distrito Federal.

A sexualização precoce e a erotização de crianças e adolescentes é um ato que vem se tornando cada vez mais comum na sociedade.

A exposição a conteúdos impróprios, às vezes por falta de cuidado ou mesmo até por incentivo, estimula a curiosidade da criança e do adolescente justamente porque eles ainda, não compreendem o que está vendo ou ouvindo e acabam replicando essas informações e dessa forma podem correr riscos de abusos.

Podemos entender como sexualização precoce e erotização infantil, a exposição prematura de conteúdo, estímulos e comportamentos a indivíduos que ainda não têm maturidade suficiente para compreensão.

Por: Laezia Bezerra



Source link

Similar Articles

Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Instagram

Most Popular