Casais escolhem ternos e vestidos para a cerimônia


O grande dia se aproxima. Os casais selecionados para o 1º Casamento Comunitário de 2022 fizeram nesta semana a prova dos trajes para cerimônia, que ocorrerá no dia 13 de fevereiro. As mulheres foram as primeiras a escolher os vestidos, na quinta-feira (27), no Museu da República, mesmo local onde será realizado o casamento. Os noivos experimentaram os ternos nesta sexta (28).

Noivos e noivas escolhem as roupas no acervo da Sejus, que atualmente conta com mais de 70 vestidos e cerca de 50 ternos, frutos de doações de pessoas e lojas voluntárias | Foto: Ascom/Sejus-DF

Os dois dias foram marcados pela ansiedade e o nervosismo de encontrar a roupa perfeita. “Meu coração está batendo forte de ansiedade para chegar logo o dia do casamento. Esse sempre foi meu sonho”, conta a monitora de creche Nayara dos Santos Braga, 21 anos, ao se ver com o modelo escolhido.

“A escolha do vestido foi sensacional. Graças a Deus encontrei o vestido que eu queria. Provei três até chegar neste aqui. Achei tão lindo, rodadinho e do jeito que eu sempre imaginei”, acrescenta a noiva.

“Sem dúvida, a escolha do vestido é uma das etapas mais emocionantes do Casamento Comunitário. Com o apoio dos nossos parceiros, fazemos o possível para que se sintam princesas no seu grande dia”Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

As roupas fazem parte do acervo da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), que atualmente conta com mais de 70 vestidos e cerca de 50 ternos, frutos de doações de pessoas e lojas voluntárias. A prova das roupas é feita com o apoio das costureiras do Senac, que fazem os ajustes necessários nos trajes.

“Sem dúvida, a escolha do vestido é uma das etapas mais emocionantes do Casamento Comunitário. Com o apoio dos nossos parceiros, fazemos o possível para que se sintam princesas no seu grande dia”, explica a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

O Casamento Comunitários oficializará tanto a união de casais que já estão juntos há muitos anos e com filhos quanto daqueles que ainda irão iniciar a vida a dois a partir da cerimônia, como a auxiliar de farmácia Jeny Silva de Oliveira, de 27 anos.

“Nós já namoramos há seis anos, mas ainda não moramos juntos. É uma expectativa muito grande e espero que a gente possa começar a nossa vida de casados de forma abençoada, feliz, dentro da lei e que tudo prospere”, reforça Jeny.

A próxima etapa é o ensaio geral, marcado para o dia 10 de fevereiro. Os casais poderão tirar dúvidas sobre horários, posicionamento, fotografia, convidados e todos os detalhes sobre a organização do casamento, desde a recepção até o tão aguardado “sim”.

O Casamento Comunitário é um programa de governo que tem como objetivo estimular a convivência familiar e garantir os direitos civis da família como núcleo social básico de acolhimento, convívio, autonomia, sustentabilidade e protagonismo social.

A cerimônia é realizada com o apoio de voluntários, empresas e instituições parceiras, que contribuem com a decoração, iluminação, música, doces, brindes para os noivos, maquiagem e cabelo das noivas, entre outros itens essenciais para a realização de um casamento.

*Com informações da Sejus-DF



Source link

Similar Articles

Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Instagram

Most Popular